8634788503_c47c100ed5_b

Alternative Resolutions

8634788503_c47c100ed5_b

Há 14 quilômetros do Sítio Pimental, localidade do maior canteiro de obras de Belo Monte, a aldeia indígena Muratu, na Terra Indígena Paquiçamba, sente os efeitos de um empreendimento que pretende escavar mais de 60 milhões de metros cúbicos de rocha. Indígenas dizem que depois do início das explosões causadas pela obra, a água ficou turva e com aspecto barrento. Por isso, ficou ruim para beber, ruim para pescar. Um poço e caixa d'água foram entregues pela Norte Energia, empresa responsável pela construção, mas a bomba quebrou cinco dias depois de ser instalada. Durante a visita do ISA a aldeia, os índios disseram estar há semanas sem água.

Informações da Foto

IPTC Data

IPTC_HEADLINE

IPTC_CAPTION

IPTC_KEYWORDS

IPTC_CITY

IPTC_COUNTRY_CODE

IPTC_PROVINCE_STATE

IPTC_BYLINE

IPTC_CREDIT

IPTC_COPYRIGHT_STRING

IPTC_OBJECT_NAME

IPTC_CREATED_DATE

IPTC_CREATED_TIME

IPTC_SOURCE

IPTC_EDIT_STATUS

IPTC_PRIORITY

IPTC_CATEGORY

IPTC_SUPPLEMENTAL_CATEGORY

IPTC_FIXTURE_IDENTIFIER

IPTC_RELEASE_DATE

IPTC_RELEASE_TIME

IPTC_SPECIAL_INSTRUCTIONS

IPTC_REFERENCE_SERVICE

IPTC_REFERENCE_DATE

IPTC_REFERENCE_NUMBER

IPTC_ORIGINATING_PROGRAM

IPTC_PROGRAM_VERSION

IPTC_OBJECT_CYCLE

IPTC_BYLINE_TITLE

IPTC_COUNTRY

IPTC_ORIGINAL_TRANSMISSION_REFERENCE

IPTC_LOCAL_CAPTION